Elementos Essenciais ao Crescimento das Plantas

Macronutrientes e Micronutrientes


A concentração dos elemntos essencias nas plantas pode exceder a concentração crítica, a concentração mínima necessária para o crescimento, e pode haver alguma variação de uma espécie para outra. Entretanto, a tabela a seguir fornece informações sobre as necessidades gerais das plantas:
 
 
Concentrações típicas para o crescimento das plantas. Baseado em E. Epstein. 1965. "Mineral metabolism" pp. 438-466. in: Plant Biochemistry (J.Bonner and J.E. Varner, eds.) Academic Press, London.
Elemento Símbolo mg/kg porcentagem Número relativo 
de átomos
Nitrogênio N 15.000 1,5 1.000.000
Potássio K 10.000 1,0 250.000
Cálcio Ca 5.000 0,5 125.000
Magnésio Mg 2.000 0,2 80.000
Fósforo P 2.000 0,2 60.000
Enxofre S 1.000 0,1 30.000
Cloro Cl 100 -- 3.000
Ferro Fe 100 -- 2.000
Boro B 20 -- 2.000
Manganês Mn 50 -- 1.000
Zinco Zn 20 -- 300
Cobre Cu 6 -- 100
Molibidênio Mo 0.1 -- 1
Note que as concentrações, seja em mg/kg (=ppm, partes por milhão) ou em porcentagem (%) são sempre baseadas no peso de matéria seca ,e não de matéria fresca. O peso fresco inclui tanto o peso da matéria seca como o peso da água no tecido. Uma vez que a porcentgem de água pode variar muito, por convenção, todas as concentrações de material se baseam em peso de matéria seca.

Embora seja arbitrária, uma linha divisória é traçada entre os nutrientes que são necessários em grandes quantidades, macronutrientes, e aqueles que são necessários em quantidades menores, micronutrientes. Esta divisão não significa que um nutriente seja mais importante do que outro, apenas que eles são necessários em quantidades e concentrações diferentes. Na tabela acima a linha divisória é tipicamente traçada entre S e Cl, significando que:

Macronutrienets: N, K, Ca, Mg, P, e S, e
Micronutrientes: Cl, Fe, B, Mn, Zn, Cu, e Mo

O prefixo "micro" pode ser bem compreendido a partir do seu uso no termo "microscópio". O termo "macro" é um pouco menos comum, mas indica um objeto que tem um tamanho maior. Tamanhos intermediários são por vezes indicados por  "meso". Por exemplo, a fauna (vida animal) do solo pode ser dividida em macrofauna ( toupeiras, ratos, etc), mesofauna (vermes, insetos cavadores, etc) e microfauna (nematóides, etc)
 


Próxima Página

Primeira Página